Os Maori são um povo indígena oriundo da Nova Zelândia.

Eles têm uma forma de arte corporal, conhecida como moko, mais comummente referida como tatuagem Maori, que é considerada altamente sagrada.

tatuagens tribal-e-maori22

Antigamente, a tatuagem Maori mais popular era a facial, composta de formas, curvas e espirais, como padrões.

Muitas vezes, esta tatuagem cobria o rosto todo e era um símbolo de status social, poder e prestígio.

tatuagens tribal-e-maori23

A tatuagem maori, para este povo era um rito de passagem altamente reverenciado e ritualizado.

A tatuagem geralmente começava na adolescência.

Estes projetos são altamente complexos e detalhados e apresentam o artesanato e a arte do artista, mas também da cultura Maori.

tatuagens tribal-e-maori25

O tatuador Maori é chamado de tohunga ta moko moko, que significa especialista.

Estes tatuadores são altamente respeitados e considerados invioláveis ou piedosos.

tatuagens tribal-e-maori29

A tatuagem maori  tradicional não envolve agulhas, mas sim o uso de facas e formões feitos de dentes de tubarão, ossos afiados ou pedras afiadas.

O cinzel, também chamado de uhi, foi feito a partir de bon albatroz, embora alguns sejam feitos de ferro.

As facas e os formões ou eram simples e lisos ou serrilhados e usavam-se alternadamente, dependendo do padrão ou desenho pretendido.

tatuagens tribal-e-maori21

As tintas utilizadas eram feitas a partir de produtos naturais.

A madeira queimada era usada para criar pigmentos pretos, enquanto os pigmentos mais leves derivavam de lagartas infetadas com um certo tipo de fungo, ou a partir de goma kauri queimada, misturada com a gordura animal.

Os pigmentos eram então armazenados em recipientes ornamentados de seu nome oko, que se tornaram herança de família. Os oko quando não estavam a ser utilizados eram enterrados.

tatuagens tribal-e-maori28

A realização de uma tatuagem Maori era uma experiência muito dolorosa, que envolvia cortes profundos na pele. O cinzel era mergulhado no pigmento e aproveitado para os cortes.

Outra variação deste processo era mergulhar o cinzel na jarra de pigmento e inseri-lo na pele, com a ajuda de uma marreta.

Esta forma de tatuagem deixava a pele com sulcos após a cura, em vez da habitual superfície lisa, que vemos atualmente.

tatuagens tribal-e-maori17

Este processo era longo e trabalhoso, devido ao nível de dor intrínseco.

Eram tatuadas apenas algumas partes do corpo de cada vez, para facilitar a cicatrização.

Existem dois projetos diferentes para as tatuagens Maori: o design normal que envolve somente o escurecimento das linhas e o chamado puhoro, para denegrir a fundo e deixar as linhas claras.

tatuagens tribal-e-maori24

As máscaras faciais e as tartarugas eram os projetos mais populares e enquanto as primeiras denotavam o status social da pessoa, as segundas eram consideradas o principal animal da tatuagem maori e representava os laços familiares formados pela esposa e pelos filhos.

tatuagens tribal-e-maori18

O formato de aparência aleatória destes projetos foi a inspiração da tatuagem tribal. Para os ocidentais, este emaranhado de curvas e desenhos representa o pitoresco da identidade familiar, individual ou cultural do povo maori.

Esta aplicação estética poderá representar uma ofensa ao proprietário deste padrão ou símbolo, sobretudo se usado por alguém que não pertença a esta cultura.

tatuagens tribal-e-maori27