Os livros são, na minha opinião, indispensáveis na vida de qualquer pessoa. Com eles aprendemos a sonhar, viajámos para lugares absolutamente extraordinários, onde só com eles teríamos oportunidade de ir. A literatura enche-nos a alma e enriquece-nos o espírito.

Quem, como eu, tem uma grande paixão pelos livros, certamente conhece bem o envolvimento que criamos com os personagens e a própria história ao longo da leitura e as emoções que vivemos como se fossem nossas.

O livro é um amigo com o qual crescemos, aprendemos e vivemos várias aventuras. Todos nós temos os nossos livros prediletos e guardámos na memória vários excertos que nos marcaram mais. No entanto, há quem vá mais além e decida transportar para o seu corpo, em forma de tatuagens, esses mesmos excertos, ou até mesmo, a imagem dos seus personagens favoritos.

Nas tatuagens literárias encontramos um pouco de tudo, desde as histórias infantis aos clássicos da literatura.

tatuagens-literárias2

Nesta imagem podemos apreciar um excerto do clássico de Antoine de Saint-Exupéry, O princepezinho , que diz: “On ne voit bien qu’avec le coeur. L’essentiel est invisible pour les yeux.” (Vê-se claramente apenas com o coração. O essencial é invisível para os olhos).

tatuagens-literárias

O pinóquio, é um boneco de madeira, cujo nariz cresce sempre que diz uma mentira. Este personagem foi esculpido a partir do tronco de uma árvore, por um entalhador chamado Geppetto, numa pequena aldeia italiana. Apesar de ter nascido um boneco de madeira, Pinóquio sonhava ser um menino de verdade. As aventuras de Pinóquio, são da autoria de Carlo Collodi.

tatuagens-literárias11

Estas duas belíssimas tatuagens são duas citações do célebre escritor Oscar Wilde, que dizem: “The only way to get rid of a temptation is to yield to it” (A única maneira de se livrar de uma tentação é ceder a ela). Who, being coved, is poor? (Quem, sendo amado, é pobre?).

tatuagens-literárias3

O grande Gatsby, de F. Scott Fitzgerald está aqui retratado com este magnífico excerto: “So we beat on, boats against the current, borne back ceaselessly into the past” que significa “Assim vamos teimando, proas contra a corrente, incessantemente cortando as águas, a caminho do passado”.

tatuagens-literárias1

Alice no país das maravilhas, de  Lewis Carroll,  com a frase “If I had a world of my own, everything would be nonsense. , ou seja,  “Se eu tivesse um mundo só meu tudo seria um absurdo”. Ainda na mesma imagem, o desenho do famoso coelho que está sempre com pressa.

tatuagens-literárias6

Calvin and Hobbes de Bill Watterson I suppose it will all make sense when we grow up” (Suponho que tudo fará sentido quando nós crescemos).

calvin-tatuagens

Um poema de Paulo Leminski, tatuado no antebraço, a ilustração de “O velho e o mar”, de Ernest Hemingway e uma imagem inspirada em “Laranja Mecânica”, de Anthony Burgess.

tatuagens literatura

Uma tattoo na perna com o excerto de 1984, de George Orwel, que diz: I was a bright cold day in April, and the clocks were striking thirteen”. (Era um dia claro e frio de Abril e os relógios marcavam treze horas em ponto).

tatuagens-literáriasGeorge Orwell

Um excerto inspirado em On the road, de Jack Kerouac que diz: “There was nowhere to go but everywhere”, isto é, Não havia nenhum lugar para ir, mas em todos os lugares” e uma tatuagem inspirada  nas memórias de Augusten Burroughs, Pensamento Mágico. 

inspirada em On the road, de Jack Kerouac

Aqui temos várias tatuagens inspiradas nos livros das fantásticas aventuras de Harry Potter da autoria de J.K. Rowling.   

tatuagens-literárias2harry potter

Duas tatuagens com excertos alusivos à peça “Romeu e Julieta” de William Shakespeare.

tatuagens-literáriasromeu e julieta

Winnie the Pooh, é um urso fictício criado pelo escritor inglês Alan Alexander Milne  e os direitos sobre as suas histórias pertencem à Disney. A primeira tatuagem mostra Poo acompanhado da sua amiga Piglet e a segunda revela-nos que a infância é eterna “Childhood is eternal”.

winnie-the-poo-tattoo