As tatuagens de Buda são destinadas a replicar os ensinamentos deste grande líder espiritual e mentor.

As tatuagens não são necessariamente preferidas apenas pelos seguidores do budismo, mas por um grande número de pessoas que acreditam na última verdade da vida, que diz que é preciso superar todos os sofrimentos e tentações da vida para chegar ao estágio da salvação ou do nirvana.

Uma das religiões que estão intimamente associadas à arte da tatuagem é o budismo, uma religião antiga que tem as suas raízes em países e culturas em todo o mundo.

Esta religião baseia-se nos princípios e ensinamentos estabelecidos por Buda, o líder religioso do budismo.

Buda nasceu como um príncipe e conhecido pelo nome de Siddhartha Gautama, até um dia, em que decidiu renunciar a todos os confortos da sua vida principesca, para encontrar a verdade real sobre a existência humana.

Ele atingiu o estado de iluminação por meditação profunda e penitência severa e ensinou aos seus seguidores o verdadeiro caminho de alcançar a salvação.

Séculos mais tarde, os seus seguidores e pessoas em todo o mundo mostram reverência aos seus ensinamentos de várias formas, uma das quais, a tatuagem.

As tatuagens de Buda tornaram-se sinónimo de divindade e espiritualidade, com os amantes de tatuagens em busca constante de um design que simbolize a sua fé.

Há um grande número de opções disponíveis para eles a este respeito, algumas das quais são mencionadas da seguinte forma:

O rosto do Buda – representa o esclarecimento que cada ser humano procura, acrescenta um novo significado à sua vida.

A imagem do rosto de Buda faz uma maravilhosa opção de design nestes projetos, pois representa a máxima calma e serenidade.

Uma tatuagem de rosto grande e atraente pode ser tatuada na área das costas, estômago, costela, coxa, peito, enquanto os mais pequenos encaixam bem nas pernas, pulso, pescoço, ombro e braço.

Meditação – Buda é dito ter atingido um estágio de iluminação espiritual por meditação profunda, o que faz com que seja digno de ter essa tatuagem caracterizada na forma de tatuagem de Buda em meditação.

Certos objetos como as árvores, as flores e os pássaros podem ser adicionados ao design para torná-lo mais significativo e atraente.

Diz-se que a iluminação foi alcançada por Buda debaixo de uma árvore, que veio a ser reverenciada como a árvore de Bodhi.

Este projeto particular de tatuagem de Buda pode ser caracterizado nas cores preto e cinza convencionais ou numa variedade de cores vibrantes.

A roda – é outra escolha popular entre as tatuagens de Buda, que é um símbolo dos ensinamentos de Buda, bem como a própria religião.

A roda oferece uma incrível complexidade de design, o que a torna um centro de atenção.

Mandala – a Mandala também tem uma estreita associação com a religião budista, pois representa a sabedoria e a iluminação.

Isto adiciona um grande significado ao design da tatuagem de Mandala, que é igualmente valioso no sentido estético.

A tatuagem parece maravilhosa em preto e cinza convencional, mas o uso de cores pode criar um impacto excepcional.

Flor de Lótus  – Esta flor tem um lugar especial na religião budista enquanto se mantém como um epítome da iluminação, da sabedoria, da pureza e do renascimento.

A tatuagem pode aparecer num design de Buda ou pode ser feita individualmente, seja em cor preta ou cinza ou alguma outra cor de acordo com a escolha do portador.

A árvore de Bodhi – esta árvore é outro símbolo do budismo, que novamente encontra um lugar importante entre as tatuagens de Buda.

Na maioria das vezes, a tatuagem de Buda mostra o divino sentado sob a sombra da árvore de Bodhi e esta é geralmente uma grande tatuagem, que aparece com mais frequência no peito, nas costas, na caixa torácica ou no ombro.

As tatuagens de Buda são consideradas sagradas e devem ser feitas depois de uma grande consideração e uma seleção cuidadosa do design, pois representam a crença, e não a beleza e o encanto normalmente associados às tatuagens.

O dragão, a fénix, a carpa, o leão, o elefante, o lobo, a coruja, objetos celestiais, as estrelas, a lua, os pássaros e muitos outros elementos, como as flores, o filtro dos sonhos, as penas, as âncoras, as flechas, a bússola, os símbolos musicais, o coração, o símbolo do infinito e as árvores também podem ser usados para aprimorar os projetos de tatuagem de Buda.

O budismo é a quarta maior religião do mundo e, embora o número de seguidores não esteja a crescer tão rapidamente quanto outras religiões importantes, os milhões de pessoas que atrai ainda têm uma influência significativa no mundo.

As tatuagens de Buda podem estar diretamente ligadas às origens desta religião e, embora o próprio Buda desencorajasse qualquer forma de símbolos na religião.

Os primeiros símbolos budistas de acordo com a evidência arqueológica datam de CCD a.C. e podem ser atribuídos ao rei hindu Ashoka, que morava em Sarnath, na Índia.

A sua devoção a Buda acredita ter dado à luz a maioria dos símbolos e imagens associadas ao budismo hoje.

Embora os artistas tentem dar-lhe variações diferentes, ainda existe aquele único aspecto que cada tatuagem da imagem de Buda deve ter.